Pontos fracos e nossos pontos fortes

Pontos fracos e nossos pontos fortes

Cada um tem seu perfil individual de personalidade e de temperamento. Quanto mais conhecermos nossos pontos fracos e nossos pontos fortes, melhor poderemos guardar nossos corações. Precisamos, também, conhecer nossos desejos pecaminosos específicos; por exemplo cobiça, egoísmo, inveja, orgulho, ira, maldade, perversão sexual e assim por diante. Devemos considerar os pecados em particular que nos parecem atraentes; ou seja, aqueles nos quais caímos mais frequentemente. Precisamos conhecer nossas fraquezas espirituais; por exemplo dúvidas, timidez, insensibilidade, espírito crítico, etc.

Quando os discípulos não foram bem recebidos numa aldeia Samaritana, perguntaram ao Senhor se podiam invocar fogo do céu sobre os seus habitantes. O Senhor os repreendeu dizendo: "Vós não sabeis de que espírito sois" (Luc. 9: 51-56). Se tivessem sabido, poderiam se guardar contra ele. Davi nos diz (Sal. 18:23) que ele se guardou da iniquidade, isto é, do pecado ao qual ele estava mais inclinado.

John Owen